Intrometido

15 de julho de 2018

Alvo da Odebrecht, Cássio pede a Gilmar Mendes e Rosa Weber fim de inquérito ao STF

A sequência de arquivamentos de inquéritos por ministros do Supremo Tribunal Federal no mês passado, contrariando a Procuradoria-Geral da República, levou cinco parlamentares citados na delação da Odebrecht a solicitar à Corte o mesmo tratamento para as investigações das quais são alvo.

Já protocolaram pedido de arquivamento os senadores do PSDB Cássio Cunha Lima (PB), José Serra (SP) e Dalírio Beber (SC), o deputado Rodrigo Garcia (DEM-SP) e o ministro Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), que é senador afastado, informa reportagem do Estadão.

Todos pedem aos ministros Gilmar Mendes e Rosa Weber, relatores dos casos no Supremo, que seus inquéritos sejam extintos por falta de provas, fragilidade nas delações e excesso de prazo. Foram esses os argumentos usados pelos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes e Dias Toffoli para negar continuidade a seis inquéritos abertos no ano passado com base na colaboração da Odebrecht.

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar