Intrometido

17 de abril de 2018

Projeto Villa Sanhauá apresentado por Cartaxo dá vitalidade ao Centro Histórico

Quando prefeito, Ricardo Coutinho anunciou, em várias oportunidades, a implantação do projeto de habitação envolvendo o casario histórico no Centro Histórico. Ficou apenas no capítulo das promessas. Agora, está saindo do papel o Projeto Villa Sanhauá, que promete aquecer as atividades de entretenimento, cultura, lazer e serviços na Rua João Suassuna.

O prefeito Luciano Cartaxo apresentou, nessa segunda (dia 16), ao lado de arquitetos e equipe técnica, todo o projeto, inclusive com unidades mobiliadas, com a assinatura de Ximenes Dantas, elaborado para servir de inspiração e mostrar como podem ser decoradas as 17 unidades habitacionais. E na manhã desta terça, o apartamento mobiliado foi mostrado à Imprensa.

O projeto, que é vanguarda no País, foi elaborado por técnicos da Semhab (Secretaria de Habitação Social) e desenvolvido com recursos próprios da administração municipal, orçado em R$ 4.211.934,00. Os oito casarões vão comportar 17 unidades habitacionais e seis comerciais, além de um prédio destinado a uma instalação institucional da Prefeitura. O projeto, que integra todo um planejamento da atual gestão para recuperar o Centro Histórico, já era esperado há mais de 14 anos pela população da Capital.

“Com vontade, com disposição e planejamento é possível superar desafios e fazer o que estamos fazendo no Centro Histórico de João Pessoa. Esse é um momento de muita alegria porque estamos chegando ao final de um projeto que é uma verdadeira transformação neste espaço histórico”, destacou o prefeito Luciano Cartaxo.

Contexto – A Villa Sanhauá se soma ao novo Parque da Lagoa, Praça da Independência, Praça da Pedra, Praça João Pessoa, Praça 1817, Hotel Globo, Casa da Pólvora e Galeria Augusto dos Anjos, Pavilhão do Chá, entre outras, que já foram revitalizadas pela atual gestão e transformaram o Centro Histórico da cidade.

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar